Valinhos estreia com excelentes disputas

July 29, 2016

As disputas começaram já logo após a largada. PKL-E04 T-2016.

Foto: Daniela Ribeiro.

 

O kartódromo de Valinhos debutou finalmente na Paulista Kart League (PKL). Depois de ser incluído no calendário oficial de 2016, o local atiçou os pilotos mais ansiosos por uma pista nova e por possibilidades ainda desconhecidas.

 

A estreia não poderia ser em um dia melhor; céu claro e poucas nuvens. A temperatura, amena, não havia esquentado suficientemente a pista e os pneus mais duros de faixa laranja deveriam ser mais bem trabalhados para evitar possíveis saídas de frente e de traseira, típicas de karts com chassi Mega.

 

“O tempo de pista vai depender muito da temperatura do asfalto e do aquecimento dos pneus”, comentou Rafael Nascimento, Wacky Races Team, momentos antes de entrar em seu kart. Durante toda a corrida, a observação do piloto da WRT se mostraria válida. Muitos pilotos encontraram dificuldades em manter uma temperatura ideal de seus pneus e obtiveram rendimentos inferiores.

Largada e momentos iniciais

 

A quadriculada agitada iniciou a quarta etapa da PKL. Ricardo Garcia, Scuderia Pé de Pano, conseguiu manter a liderança durante as primeiras curvas, ao se defender bem do assédio de Silvério Reis, Equipe Hot Rods, e de André Medeiros, Rock Beer Racing, sobre sua posição.

 

Confira a largada e as primeiras voltas. PKL-E04. T-2016.

Tempo: coloque em 00:00 a 03:30.

Vídeo: on-board Dante Arnaes (SPP)

 

Daniel Mazotti, No Name Yet, e Henrique Sigoli, #07 Bomba Bala, largaram bem e conquistaram algumas posições, avançando sobre o grid logo no início da corrida, enquanto Fabio Ito (N2Y) surpreende Bruno Ratão, Miltão Moltor Racing, no grampo da curva 04 e assume a P05.

 

Henrique Sigoli se aproveita e mantém trajetória idêntica ao piloto da N2Y e deixa o piloto da M2R por fora da curva, assumindo também sua posição. Bruno Ratão consegue tracionar melhor na saída da curva 06 e emparelha com o piloto da 7BB, para retomar a P06 antes da curva 09.

 

Nesse mesmo momento, Daniel Mazotti conseguiu tomar de assalto a P03 de André Medeiros na freada da curva 06, enquanto o piloto da RBR tentava achar algum espaço entre Silvério Reis e Ricardo Garcia. No início da segunda volta, André Medeiros consegue se posicionar melhor pela parte de dentro da curva 01 e recuperar sua posição.

Disputas em todas as posições.

 

Na intermediária, Alexandre Gregoski, da Blue Turtle Racing, tenta sobre a P08 de Dante Arnaes (SPP), mas é tocado por Filipe Fernandes, Vaca H Racing, e roda na parabólica da curva 02. “Rodei e fiquei preso nos pneus. Estava arriscando bastante nessas primeiras voltas”, comentou o piloto da BTR, após a corrida.

 

Toque entre Filipe Fernandes (VHR) e Alexandre Gregoski (BTR). PKL-E04. T-2016.

Tempo: coloque em 01:08 a 01:20.

Vídeo: on-board Thiago Baptista (WRT)

 

Mais à frente, Ricardo Garcia retarda a freada na curva 06, mas perde o traçado, para melhor proveito de Silvério Reis, que tenta conquistar a P01. Ambos ficam lado a lado na parte rápida da pista; Silvério Reis toma a parte de dentro das curvas 08 e 09 e assume a primeira colocação.

 

Ao mesmo momento, André Medeiros se aproveita da disputa e consegue colocar seu kart na parte interna da curva 01, para tomar também a P02 do piloto da SPP. Enquanto Bruno Ratão conseguia recuperar a P05 sobre Fabio Ito na freada da curva 04 e, logo em seguida, se aproveitar do erro de Daniel Mazotti na saída do grampo da curva 06 e reconquistar a P04.

 

O desempenho bom dos pilotos da N2Y sofreu um revés quando Fabio Ito foi rodado na curva 06 e Daniel Mazotti teve ameaçada sua posição pelo melhor rendimento do kart de Henrique Sigoli. Parecia que o momentum havia passado aos pilotos da VHR, já que Filipe Fernandes havia conseguido tomar de surpresa a P07 de Dante Arnaes e Fernando Vivaldini havia tomado a P10 de Thiago Baptista (WRT).

 

O piloto da WRT parecia estar problemas e enfrentava certa perda de rendimento em seu kart. Ainda na volta 05, Thiago Baptista perdeu seis posições e caiu para a décima sexta colocação. Melhor para os pilotos da JKR Team e para Alexandre Gregoski, que estavam um pouco mais atrás no pelotão.

 

Nicolas Smith conseguiu melhor aderência durante a saída da curva 06 e se manteve próximo de Rodrigo Klauss, enquanto ambos ultrapassavam o piloto da WRT. No início da volta seguinte, Nicolas Smith coloca seu kart na parte interna da curva 01, mas Rodrigo Klauss consegue se manter por fora e defender sua P15, durante o contorno da parabólica.

 

A disputa continua no grampo da curva 05, onde Nicolas Smith retarda a freada e se coloca por dentro do traçado, mas perde a frente de seu kart e toca seu companheiro, fazendo-o rodar. Alexandre Gregoski e Thiago Baptista se aproveitam do imbróglio e assumem a posição de ambos.

 

Na disputa pela primeira posição, Silvério Reis erra a saída da curva 06 e destraciona. André Medeiros se aproveita e emparelha seu kart no trecho final da pista para assumir a liderança e não perdê-la mais. O piloto da HOT tentou ainda alguma reação e conseguiu cravar a melhor volta da corrida, ao fazer o tempo de 00:46.785, mas não foi o suficiente para assediar a P01 do piloto da RBR.

 

André Medeiros (RBR) ultrapassa Silvério Reis (HOT) e assume a liderança . PKL-E04 T-2016.

Foto: Daniela Ribeiro.

 

“O Silvério me deu trabalho na primeira metade da prova. Consegui me manter e, depois, a corrida ficou bem monótona”, brincou o piloto jihadista.

Monótona só para o líder

 

Na meiúca, Bruno Ratão tentava ainda tomar a P03 de Ricardo Garcia, mas ambos estavam com rendimentos similares e suas posições foram logo tomadas pelos que estavam um pouco mais atrás. Filipe Fernandes conseguiu logo na saída da curva 06 subir para a terceira colocação, logo em seguida, Daniel Mazzoti e Henrique Sigoli tomaram de assalto as posições dos pilotos da M2R e da SPP.

 

Ricardo Garcia (SPP) espreita Bruno Ratão (M2R). PKL-E04 T-2016.

Foto: Daniela Ribeiro.

 

“Nossa! Eles passaram voando na reta. Parecia que meu kart estava estacionado!” comentou Ricardo Garcia, após a corrida. “Meu kart não tinha potência alguma na reta. Por isso não conseguia ultrapassar o Ricardo, mesmo contornando melhor as curvas. Nesse meio tempo, fomos engolidos pelo pelotão”, falou aos repórteres Bruno Ratão.

 

“Eu estava rápido e consegui ultrapassar vários pilotos. Fui de sexo para terceiro e depois voltei para sétimo, mas me recuperei e acabei em quarto. Quase um pódio! Foi muito bom!” disse aos repórteres o piloto Daniel Mazzotti, ao conquistar sua melhor posição de chegada em seu ano de estreia.

 

No bolo, Rafael Nascimento consegue se aproximar de Fernando Vivaldini e assume a P09, ao se colocar por dentro da curva 01. O piloto da VHR não desiste e consegue recuperar sua posição em uma manobra clássica, no contorno da curva 06.

 

Confira as disputas no bolo. PKL-E04. T-2016.

Tempo: coloque em 03:30 a 12:20.

Vídeo: on-board Thiago Baptista (WRT)

 

Disputa acirrada também entre Victor Marcolino (RBR), Fabio Ito e Carlos Eduardo – a.k.a. Cadu – (HOT) pela décima primeira posição. Cadu consegue tracionar melhor no contorno da curva 04 e sai em maior velocidade em direção ao grampo da curva 05, onde se coloca por dentro sobre a posição de Fabio Ito e ao lado do piloto da RBR. Na saída da curva, o piloto da HOT leva a melhor e assume a P11.

 

O bom momento de Cadu o levou a uma sequencia impressionante de ultrapassagens, para assumir a P10 de Rafael Nascimento e a P09 de Fernando Vivaldini na mesma volta. “Estava perdendo um pouco a frente do kart, mas ele estava rápido e consegui subir algumas posições”, disse o piloto da HOT em entrevista.

 

Já os pilotos da WRT e da VHR tiveram sua corrida prejudicada por um toque. Após disputarem posições por cinco voltas, Rafael Nascimento erra a freada da curva 01 e atinge a traseira esquerda do kart de Fernando Vivaldini. O piloto da VHR roda e tem seu pneu furado, já o kart do piloto da WRT perde rendimento até o ponto em que Rafael Nascimento abandona a corrida.

 

Após o incidente na curva 01, cada piloto achava que a corrida era para um lado. PKL-E04 T-2016.

Foto: Daniela Ribeiro.

 

“Não era a curva e nem o momento de tentar ultrapassar, meu pneu descolou com o deslocamento lateral e murchou, então o kart começou a puxar pra direita. Desconfiei, mas não queria abandonar a corrida só pra largar em primeiro na próxima, então continuei até o fim”, comentou Fernando Vivaldini. “Meu kart perdeu muito rendimento e decidi abandonar”, disse Rafael Nascimento, “ao menos vou largar na pole, na próxima etapa.”, completou.

Definições

 

Alexandre Gregoski, em sua corrida de recuperação, tenta tomar a P14 de Victor Marcolino. O piloto da RBR mantém um bom traçado e consegue se defender, mas é surpreendido pela trajetória mais agressiva do piloto da BTR, que assume a posição no contorno da curva 04.

 

Enquanto isso, Rodrigo Gouveia (BTR) tenta defender sua P12 do ataque de Thiago Baptista. A disputa deixa ambos mais lentos e permite que Alexandre Gregoski se aproxime. O piloto da WRT retarda sua freada e se coloca por dentro da curva 04, para efetuar a ultrapassagem e para assumir a P12.

 

Disputa entre Alexandre Gregoski (BTR), Thiago Baptista (WRT) e Rodrigo Gouveia (BTR). PKL-E04. T-2016.

Tempo: coloque em 11:40 a 13:20.

Vídeo: on-board Alexandre Gregoski (BTR)

 

Alexandre Gregoski tenta acompanhar a manobra, mas seu companheiro de equipe consegue se manter pela parte de fora do traçado. Ambos ficam lado a lado. Rodrigo Gouveia retarda a freada na curva 05 e consegue retomar sua posição de Thiago Baptista, enquanto Alexandre Gregoski muda a trajetória para sair em maior velocidade e emparelhar com o piloto da WRT na curva 06. Thiago Baptista consegue se manter na P13.

 

Na décima oitava volta, o desempenho de Alexandre Gregoski é melhor e, logo, ele assume as posições de Thiago Baptista, ao se colocar por dentro da curva 04, e de Rodrigo Gouveia, ao se aproveitar do erro de seu companheiro na saída da curva 06.

 

Nas primeiras posições, Filipe Fernandes consegue se aproximar de Silvério Reis para disputar a P02. O piloto da VHR se coloca por dentro da freada da curva 01, mas Silvério Reis mantém sua posição. A poucas voltas do final da corrida, Filipe Fernandes ataca novamente e consegue assumir a segunda colocação.

 

Carlos Eduardo - Cadu - (HOT) e Nicolas Smith (JKR) em disputa pela P08. PKL-E04 T-2016

Foto: Daniela Ribeiro.

 

Nas posições intermediárias, Cadu continua em sua escalada pelo grid e se aproxima da oitava posição de Dante Arnaes, tomando-a de surpresa na freada da curva 04. Cadu é acompanhado por Nicolas Smith, que assume a P09 do piloto da SPP, em uma manobra semelhante.

 

O piloto da JKR está mais rápido, mas Cadu consegue manter o ritmo e defende sua posição, fechando a porta durante os grampos. Na abertura da última volta, Nicolas Smith emparelha junto ao kart do piloto da HOT e consegue finalmente realizar a ultrapassagem, assumindo a P08.

 

Alexandre Gregoski, após cair para a última colocação, tentava um último ataque sobre a P10 de Dante Arnaes, no grampo da curva 04, mas tomava um belo X do piloto da SPP, que conseguiu defender sua posição até o final da corrida.

Fim de prova

 

André Medeiros (RBR) comemora sua primeira vitória em três anos, enquanto Fabio Ito dá um zero. PKL-E04 T2016

Foto: Daniela Ribeiro.

 

Bandeirada final e vitória merecida de André Medeiros. O piloto da RBR não ganhava uma etapa da PKL desde abril de 2013, em Aldeia da Serra. Agora ele soma 04 vitórias na categoria. “Estou muito feliz! Não ganhava fazia algum tempo... Finalmente!”, declarou ele em entrevista.

 

Destaque também para a terceira posição de Silvério Reis, que conquistou sua melhor posição nas últimas 16 corridas na categoria e ainda fez a melhor volta da etapa. Daniel Mazotti (P04), Nicolas Smith (P08) e Cadu (P09) conseguiram também sua melhor posição de chegada do ano de estreia.

Please reload

Fresquinhas! Uiii!

Três corridas, três vencedores e três líderes!

June 27, 2017

1/2
Please reload

Mais Notícias

June 23, 2017

May 26, 2017

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Grey Facebook Icon
  • Cinzento Ícone Google+
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon
  • White Facebook Icon
  • White Google+ Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Curta, Compartilhe e Viva a Paulista Kart League

Paulista Kart League PKL

Contato: paulistakartleague@gmail.com

Comitê Organizador

Paulista Kart League

São Paulo - SP